Quem um dia não riu a valer com os palhaços, não vibrou com os números dos acrobatas e malabaristas, não sentiu um frio na barriga com os trapezistas,