Rio em verso e prosa: Passarela no ar

 

(Composição: Abel Silva / Ivan Lins)

Quando ela passa por mim
Rio de Janeiro demais
Mesmo se estivesse em Berlim,
Eu veria logo os sinais
Seu andar é um jeito de ser,
Que ninguém precisa ensinar
Pode da calçada erguer, uma passarela no ar
Eu que era tristeza, triste a minha rua,
Vi toda beleza e ela andava nua
O meu coração diz tudo que preciso
Basta o seu sorriso e eu serei feliz