Petrópolis realiza ações de promoção do Natal Imperial

O turismo é um dos principais pilares da economia de Petrópolis, cidade localizada na serra fluminense. Com o Natal Imperial, a prefeitura espera que sejam injetados R$ 200 milhões no município. E para superar, ainda mais as expectativas, os gestores da atividade turística estão fazendo um intenso trabalho com guias de turismo e agentes de viagem do Rio de Janeiro e Niterói com a intenção de promover o município e apresentar o Natal Imperial.

Trinta e seis profissionais do trade estiveram na cidade na abertura da programação natalina, realizada no dia 3/12. O trabalho rendeu nesta semana a ida de 20 grupos de turistas a Petrópolis, que aproveitaram os atrativos turísticos e participaram das extensas atividades típicas da época.

Nilo Sergio Felix, secretário de estado de Turismo do Rio de Janeiro, parabeniza a iniciativa, reforçando a importância dessas ações para o desenvolvimento do turismo no interior do Estado.

– Nosso Estado tem diversas cidades localizadas a poucos quilômetros da Capital. O enorme fluxo de turistas, que vem ao Rio de Janeiro, precisa conhecer a diversidade turística que temos no interior. Trabalhamos diariamente com esse objetivo, distribuindo o Rio+3, nosso material promocional que apresenta roteiros a até três horas de distância da Capital, em pontos turísticos e eventos relacionados ao segmento turístico. Ações, como a realizada por Petrópolis, são fundamentais para reforçar a divulgação dos destinos fluminenses.

Os agentes de viagens que estiveram em Petrópolis foram recebidos pela Turispetro e visitaram o Palácio de Cristal, Praça da Liberdade, a Catedral São Pedro de Alcântara, Palácio Quitandinha, entre outros atrativos da cidade. Segundo o secretário da Turispetro, Marcelo Valente, o objetivo foi criar roteiros para trazer grupos para Petrópolis.

– Os grupos serão formados com pessoas que pernoitam, ou seja, dormem na cidade, e também pessoas que vêm para visitar a cidade e voltam no mesmo dia. Com isso, a gente espera movimentar muito, não só a rede hoteleira, mas também restaurantes e comércio.

Em dezembro, a expectativa é de que os hotéis e pousadas da cidade tenham um aumento de 30% na ocupação em relação ao mesmo período do ano passado. E as lojas esperam vender 20% a mais do que em 2016. No mês de novembro, cerca de 300 agências de viagem já tinham confirmado a vinda de grupos de visitantes para a cidade por causa do Natal Imperial, que espera receber cerca de 300 mil pessoas durante toda a festa.

Informações: Prefeitura de Petrópolis / Setur