Rio em Verso e Prosa: Rio Preamar

(Composição: Arlindo Cruz & Seu Jorge)

Rio de Janeiro, pode chegar que o povo é maneiro

Meu Rio é samba pra lá, é ginga pra cá
Meu Rio é maré preamar
Mistura de perdição, tesão e amor
Paixão e fé no Redentor
Cidade mulher, tão bela e tão nua
Do sal, da pedra e da lua
Um dia de sol faz cariocar
Quem vem só pensa em ficar
Aqui no Rio

Rio de Janeiro, pode chegar que o povo é maneiro

Meu Rio é samba pra lá, é ginga pra cá
Meu Rio é maré preamar
Mistura de perdição, tesão e amor
Paixão e fé no Redentor
Na praia, a pé, curtindo na sua
Ligado na moda da rua
Encontro João, encontro José
E seja o que Deus quiser
Aqui no Rio

Rio de Janeiro, pode chegar que o povo é maneiro