Setur apresenta ações de turismo para mais de mil e quinhentos guias

A Secretaria de Estado de Turismo/TurisRio apresentou suas ações na última quarta-feira (23), durante o Dia do Guia Jonosake. O evento, que contou com a presença de mais de mil e quinhentos guias, tem como objetivo apresentar temas que visam preparar e informar estes profissionais, a fim de desenvolver o setor no Estado. Em sua terceira edição, a instituição, situada na serra de Itaguaí, na região da Costa Verde, abordou como tema principal a “Estrada Real”. O trajeto é considerado a maior rota turística do país, com 1.630 km, abrangendo cidades do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.

A Setur-RJ/TurisRio teve sua participação no evento em dois momentos. O primeiro contou com a apresentação do secretário de Estado de Turismo, Nilo Sergio Felix, que apresentou dados do setor e compartilhou sua visão e experiência na área. O secretário destacou ainda a importância de instruir estes profissionais a valorizar o turismo no interior.

– Os guias e agentes de turismo são um dos três pilares essenciais para o turismo. Eles são responsáveis em levar o turista para desbravar e conhecer as belezas do nosso estado. E estão diretamente ligados à satisfação que o visitante terá em sua viagem. Em eventos como este podemos atualizá-los de informações do nosso estado e das grandes belezas que não só a capital possui, mas como todo interior fluminense também apresenta – destacou Nilo Sergio.

Durante o dia foi realizado um salão de negócios, com palestras e exposição de mais de 30 parceiros, entre municípios, empresas e instituições. O Programa de Artesanato Estadual, produto da Setur-RJ, também foi um dos expositores. De acordo com a subsecretária adjunta de Turismo e coordenadora da ação, Nea Mariozz, o contato com os guias é de extrema importância para que eles tenham conhecimento da atividade e, possam assim, oferecer mais um atrativo aos viajantes.

– O artesanato e o turismo andam de mãos dadas. Sendo o guia, um dos principais fomentadores do trade, ele pode ao conhecer o artesanato do nosso Estado, auxiliar no desenvolvimento da atividade também. O evento foi muito proveitoso e vários profissionais procuraram a nossa equipe interessados em levar seus grupos de viagem para conhecer os produtos dos artesãos fluminenses – destacou Nea.

O estande do programa contou com a participação de artesãos de quinze municípios. No espaço, os visitantes puderam conferir a exposição e venda de mais de mil peças. No local aconteceram ainda apresentações de artífices que demonstraram seus trabalhos e técnicas em tempo real; como colagem e papietagem, escultura em madeira e manuseio da fibra da bananeira.

Informações: Setur / TurisRio