Jardim Botânico do Rio celebra 209 anos com revitalização

(Reprodução/Alexandre Machado/Jardim Botânico do Rio de Janeiro/Facebook)

Fundado em 13 de junho de 1808 por D. João VI , o Jardim Botânico do Rio de Janeiro comemora 209 anos de existência. Em homenagem a data, o parque abriu para o público uma área revitalizada com espécies nativas da Amazônia. A região próxima ao lago foi renovada com o apoio da Agência Nacional de Águas.

A “Região Amazônica”, como o espaço é chamado, ganhou um novo projeto paisagístico, mantendo plantas da coleção existente desde 1920, e incluindo espécies como seringueiras, samaúras, pau-mulato, açaizeiro, andiroba, mogno, cacau e castanheiras.

Já a Casa do Pescador, construída em 1936 e inspirada nas moradias tradicionais amazônicas, também foi reformada. Dentro dela, há uma exposição com réplicas de animais nativos e itens culturais.

Foto: Raul Ribeiro

O objetivo é promover o acesso a informações sobre o bioma, como uma forma incentivar a proteção. A ideia é que as pessoas compreendam a importância da Amazônia para o clima brasileiro e para a diminuição da poluição. “O Jardim Botânico talvez seja um espaço de educação ambiental adequado para trazer essa reflexão”, disse o Ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, presente na cerimônia de aniversário do parque.

Confira o vídeo disponibilizado pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro sobre a Região Amazônica

Horário: segunda, das 12h às 17h; terça a domingo, das 8h às 17h
Acesso mais próximo: Rua Pacheco Leão, 101
Ingressos do Jardim Botânico: R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,50 (meia)

Fontes: Site Jardim Botânico-RJ/Terra