Caminho da Mata Atlântica: ligação entre trilhas do sul e sudeste do Brasil

O Caminho da Mata Atlântica tem como objetivo ser a primeira trilha brasileira com mais de 3.000 Km, com início no Parque Nacional dos Aparados da Serra (Rio Grande do Sul) e chegada no Parque Estadual do Desengano (Rio de Janeiro).

A ideia do projeto é interligar diversas trilhas importantes já existentes, como a Trilha Transcarioca, os Caminhos da Serra do Mar (Travessia da Serra dos Órgãos), a Volta da Ilhabela, o Caminho do Mar, a Trilha do Continuum (TransPETAR), os caminhos da Conceição e da Graciosa e a Travessia dos Cânions do Sul, entre muitas outras, fortalecendo e disseminando iniciativas locais.

A grande trilha passa por mais de 60 áreas protegidas, incluindo 10 Parques Nacionais e 32 Estaduais, formando um grande corredor e promovendo o ecoturismo, a geração de renda para comunidades locais e a conservação das áreas protegidas.

O Caminho da Mata Atlântica é uma iniciativa do Borandá, movimento social fomentado pelo WWF-Brasil que conta com muitos parceiros, entre órgãos gestores de Unidades de Conservação, clubes de montanhismo e organizações da sociedade civil.

Informações: para saber mais sobre o projeto, acesse @caminhodamataatlantica