MCTIC lança estudo sobre sustentabilidade nas cidades

O Ministério de Ciência e Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lança uma publicação que analisa o panorama das políticas públicas de ciência e tecnologia, meio ambiente e desenvolvimento urbano voltadas para a sustentabilidade das cidades. Desenvolvido em parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), o estudo identifica tecnologias capazes de elevar os municípios brasileiros a um padrão mais sustentável e propõe ações para a elaboração e a implementação de políticas públicas integradas.

Segundo o coordenador-geral de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas do MCTIC, Guilherme Weidman, o estudo revela com maior clareza as lacunas de políticas públicas para cidades sustentáveis. “A publicação vai nos ajudar a trabalhar em uma estratégia de coordenação com os parceiros para que se tenha mais eficácia na formulação e implementação das políticas públicas”, declarou.

Com 180 páginas, “Políticas públicas para cidades sustentáveis: integração intersetorial, federativa e territorial” cita, por exemplo, a experiência da primeira unidade de beneficiamento do bambu do país, instalada em Rio Branco (AC). A iniciativa atende à Política Nacional de Manejo Sustentado e Cultivo do Bambu, à Política de Expansão da Rede dos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVT) – criada e mantida pelo MCTIC – e ao acordo de cooperação firmado entre Brasil e China em 2011 para o desenvolvimento tecnológico da cadeia do bambu.

Informações: Divulgação