Embratur celebra 50 anos com debate sobre futuro do turismo

Vinícius Lummertz, presidente da Embratur, e a nova logo comemorativa
Vinícius Lummertz, presidente da Embratur, e a nova logo comemorativa do Instituto

Nesta semana a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) completa 50 anos de sua criação. A data será marcada pela realização do Fórum “O Futuro do Turismo Internacional – Perspectivas Brasil” e por Sessão Solene na Câmara dos Deputados hoje e amanhã (16 e 17 de novembro), respectivamente. Os eventos iniciam um calendário de ações previstas para o próximo ano que buscam lançar um novo olhar sobre o papel do turismo e da Embratur para o País, alcançando os diferentes públicos de interesse do Instituto.

O presidente Vinicius Lummertz destaca que há cinco décadas a Embratur conecta o mundo ao Brasil e aos brasileiros, trazendo desenvolvimento para todas as regiões do País. “O Instituto se tornou protagonista na construção da imagem do Brasil e contribuiu para alavancar a cadeia turística nacional. Agora apresentamos uma Embratur renovada e cada vez mais relevante, pautada pelo modelo das organizações internacionais responsáveis por elevar seus países a líderes no mercado de turismo”.

Ele defende o posicionamento definitivo do turismo como alavanca econômica e social do País: “Os 50 anos da Embratur acontecem no momento em que o Brasil atinge o ápice de exposição internacional, após um ciclo de grandes eventos extremamente bem-sucedido. Conseguimos consolidar a imagem do Brasil no exterior e agora já nos preparamos para encarar os desafios que nos esperam nos próximos anos nesse competitivo setor”.

O Fórum contará com especialistas nacionais e internacionais para debater “A indústria do Turismo face às ferramentas digitais de promoção e comercialização”, “O turismo de experiência e potencial natural do Brasil no cenário internacional” e a “Embratur 50 anos – Missão e Visão do Futuro”, quando será apresentado o mapa estratégico que orientará as ações da instituição para os próximos anos. Também serão realizadas homenagens aos servidores e ex-presidentes do Instituto, seguido de coquetel para os presentes.

Já no dia 17, a Embratur será homenageada pela passagem do cinquentenário com uma sessão solene, requerida pela Presidência da Frente Parlamentar Mista de Turismo. Os eventos contarão com a presença do ministro no Turismo, Marx Beltrão, do presidente da Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, Herculano Passos, do presidente da APEX Brasil, o embaixador Roberto Jaguaribe, secretários de turismo de diversos municípios e estados brasileiros, entre outras autoridades do setor. Também já confirmaram participação líderes empresariais, ex-presidentes e servidores do Instituto.

embratur-50-anos

Linha do tempo

Dentre os marcos dos 50 anos da Embratur, podem ser citados: a criação da entidade (1966), a mudança da sede do Rio de Janeiro para Brasília (1990), a criação do Programa Nacional de Municipalização do Turismo (1995) e do Ministério do Turismo (2003), além do momento, no mesmo ano, em que o Instituto passou a responder pela promoção, marketing e comercialização dos produtos turísticos brasileiros no exterior. Também são destaque a criação da Marca Brasil e o lançamento do Plano Aquarela, ambos em 2005.

Informações: Embratur / Brasil Turismo