Festival MIMO agita o Rio com diversas atrações

20120910155748423166a
O MIMO já passou por Tiradentes, Ouro Preto e Paraty, sempre buscando uma programação plural e multicultural (Foto: Divulgação)

O Rio de Janeiro recebe, neste fim de semana (11, 12 e 13 de Novembro), o Festival Mimo, que irá trazer música, cinema, educação e poesia para a cidade. Na Praça Paris, dois palcos do evento receberão grandes nomes como Ney Matogrosso, Guinga e João Bosco. O público também encontrará, em locais históricos da cidade, documentários e curtas sobre música, palestras e workshops, promovidos pelo festival.

O MIMO já passou por Tiradentes, Ouro Preto e Paraty, sempre buscando uma programação plural e multicultural, proporcionando uma experiência musical ímpar e gratuita. É a segunda vez que o evento acontece no Rio e, dessa vez, os shows acontecerão na Praça Paris, que irá abrigar dois palcos: o principal, Palco Mimo, e o Palco Se Ligaê, que irá trazer encontros de músicos de diferentes estilos e gerações.

A cantora Alice Caymmi irá abrir o Palco Se Ligaê junto com Simone Mazzer, às 19h, na sexta (11). Elas se conheceram em 2012 e logo se tornaram grandes amigas, como conta Simone. “Já conhecia Alice pelo trabalho, e sempre me interessei pela música dela. É uma artista talentosa e ousada. Nossa integração tem sido a melhor possível! A gente se combina na música e na vontade artística. Não tem como não funcionar. Ter Alice comigo é sempre uma festa”, relata. Montando o repertório, as cantoras buscaram mesclar faixas dos seus álbuns, que trazem as mais diferentes referências para o público curtir e dançar.

Simone Mazzer ganhou a categoria Revelação do Prêmio da Música Brasileira com seu último álbum, “Férias em videotape”, que mistura baladas, blues, tango e soul music. Londrinense, ela tem 20 anos de carreira como atriz, na Armazém Companhia de Teatro. Já Alice Caymmi, carrega um sobrenome que tem história. A neta de Dorival Caymmi fez sua primeira gravação aos 12 anos, e chegou a cursar Direito e Artes Cênicas antes de ingressar de vez na carreira musical. Lançou seu segundo álbum de estúdio, “Rainha dos raios”, onde regravou Maysa e Caetano Veloso.

O Festival Mimo ainda irá trazer curtas e longa-metragens, todos tendo alguma relação com a música. O Cine Odeon irá receber alguns títulos como “Chico science, caranguejo elétrico”, que conta a história de Chico Science e Nação Zumbi. A Igreja da Candelária também receberá a exibição de filmes, no dia 11, o longa “Perdido em Júpiter” e o curta-metragem “Faz que vai”.

sem-titulo-1_331
Alice Caymmi, Simone Mazzer e Ney Matogrosso (Foto: Divulgação)

Quem irá fechar o festival no Palco Mimo, às 20h30, é o inigualável Ney Matogrosso. Ele leva seu espetáculo “Atento aos sinais”, que já correu o Brasil e também passou por Portugal, à Praça Paris. O show é comemorativo de seus 40 anos de carreira, e será apresentado pela primeira vez ao ar vivo, o que deixa Ney animado pela vibração do público. “Adoro fazer show em praça pública, é sempre muito bom, ainda mais porque esse show é super dançante. Metade da coisa boa acontecer depende do público. Quando é apático, eu vou no meu mínimo, mas quando é caloroso, eu me jogo sem saber onde vou cair”, explica. Ney chegou a participar do Festival Mimo de Cinema, no documentário sobre sua trajetória “Olhos nus”, em 2014.

Os workshops acontecerão no Museu da República, que fica no Catete, no Rio, e na Escola de Música Pró-Arte, em Laranjeiras. Serão ministrados por artistas como a banda colombiana Totó La Momposina e Antonio Nóbrega, que também irá apresentar o espetáculo “Um recital para Ariano”, em homenagem a Ariano Suassuna, no Espaço BNDES – Auditório Arino Ramos Ferreira.

Para finalizar, o Mimo entregará ao público uma Chuva de Poesia. Papéis coloridos com poemas choverão da torre do Outeiro da Glória. Este ano, a Chuva de Poesia traz uma seleção de obras de poetas surrealistas portugueses, quase numa metáfora sobre a experiência no Mimo: surreal.

O Festival Mimo acontece de 11 a 13 de novembro. Todas as entradas são gratuitas. Confira a programação e os locais no site mimofestival.com

Informações: Divulgação