Marcas internacionais investem no Rio

Guilherme Chueiri comanda a +55 Group, que vai trazer o Burger Joint e o Bagatelle ao Rio (Foto: Marcos Alves)
Guilherme Chueiri comanda a +55 Group, que vai trazer o Burger Joint e o Bagatelle a Cidade Maravilhosa  (Foto: Marcos Alves)

Diversas marcas internacionais estão desembarcando no Rio de Janeiro. Da rede de hambúrgueres Burger Joint aos hotéis Best Western e Yoo, as companhias preparam investimentos que, somados, superam R$ 650 milhões. Marcas que vão se juntar a outras recém-chegadas no cenário carioca, como a americana Bagatelle, restaurante famoso de Nova York que abriu as portas recentemente no Jardim Botânico.

Especialistas ressaltam que os investimentos estão vindo com força, apesar da crise econômica que assola o país. Segundo eles, a desvalorização cambial, que deixa o real mais em conta frente ao dólar, e o fato de o Rio sediar as Olimpíadas, que ocorrem em agosto, ajudam na atração de marcas de renome internacional.

5515_pic
Best Western vai abrir quatro hotéis no Rio

Olimpíada atrai investimentos

Só a rede Best Western vai abrir quatro hotéis no Rio, com investimento estimado em cerca de R$ 500 milhões. Serão duas unidades da bandeira Plus, equivalente a quatro estrelas, em Copacabana e Icaraí (Niterói), e duas da Premier, de cinco estrelas, no Arpoador e na Barra da Tijuca. Ao todo, serão 507 novos quartos, que inauguram no início de agosto.

— Abrir quatro hotéis ao mesmo tempo é um desafio. Mas queremos inaugurá-los antes dos Jogos. Além disso, o Rio é a cidade que mais recebe turistas do país — explica Juan Sander, diretor da companhia.

A holding +55 Group, que já trouxe as marcas americanas Bagatelle e Burger Joint para São Paulo, investe agora no Rio. Após inaugurar o restaurante Bagatelle no Rio, com investimento de R$ 4 milhões, o grupo faz planos para abrir na Zona Sul carioca a hamburgueria, que já está presente nos Estados Unidos, na Coreia do Sul e nos Emirados Árabes Unidos. Guilherme Chueire, sócio da holding, conta que a abertura está prevista para o início do ano que vem.

— Vamos abrir a Burger Joint no Rio, um mercado que tem uma carência na área de gastronomia. Em São Paulo, está indo superbem. Já temos dois espaços, e vamos abrir mais dois na capital paulista. Para abrir no Rio, é preciso muito estudo, com a escolha do local certo — diz Chueire, destacando que a filial de São Paulo chega a vender cerca de 1.200 hambúrgueres por noite.

Hamburgueria de Nova York abrirá filial no Rio
Hamburgueria Burger Joint, de Nova York, abrirá filial na Zona Sul carioca

Para Roberto Kanter, professor da Fundação Getulio Vargas (FGV), a Olimpíada do Rio funciona como um catalisador de novos investimentos. Ele cita nomes como o Yoo Hotel, criado pelo designer Philippe Starck, que está investindo R$ 130 milhões para construir 143 apartamentos em Botafogo.

— A chegada desses novos grupos, com novos modelos de gestão, ao Rio ajudam a melhorar a qualidade dos serviços em geral — diz Kanter.

Fonte: O Globo