Vale do Café define pontos que farão parte do Inventário Turístico do Estado

Igreja Matriz de Vassouras, cidade localizada no Vale do Café Fluminense.
Igreja Matriz de Vassouras, cidade localizada no Vale do Café Fluminense.

Depois de passar pelos municípios de Niterói, Cabo Frio e Angra dos Reis, a equipe do Inventário da Oferta Turística do Rio de Janeiro promove nesta segunda (18), na cidade de Vassouras, na região do Vale do Café, a quarta oficina técnica para a apresentação e validação dos dados referentes ao levantamento preliminar do equipamento turístico dos municípios de Barra do Piraí, Rio das Flores, Valença e Vassouras, contemplados pelo projeto. Durante o evento, autoridades e convidados do trade local vão conhecer os atrativos identificados durante o levantamento preliminar de dados secundários.

O encontro contará com a participação de agências de viagens, guias de turismo, representantes de meios de hospedagens, restaurantes, museus e igrejas que vão discutir o que deve ser incluído ou retirado do inventário, apontar soluções para os atrativos já existentes e indicar novos equipamentos. Para a coordenadora técnica do IOT-RJ e professora da Universidade Federal Fluminense, Cláudia Moraes, a participação dos atores é fundamental para evitar erros durante as pesquisas de campo.

fazsecretarioI

O Inventário da Oferta Turística é licenciado pela Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro, fundamentado no Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur/RJ), financiado pelo Banco Internacional de Desenvolvimento (BID) e deve ser concluído em oito meses. As informações coletadas estarão disponíveis em grande banco de dados que servirão de base para o desenvolvimento de políticas públicos em prol do turismo fluminense. Cerca de 80 pessoas estão envolvidas no projeto entre alunos e professores da UFF e pesquisadores de diversas áreas do conhecimento como Turismo, Estatística e Geografia.

No total, serão analisadas e mapeados 23 cidades, distribuídas em seis regiões fluminenses: Metropolitana (Rio de Janeiro e Niterói); Costa Verde (Angra dos Reis, Paraty, Mangaratiba e Rio Claro); Costa do Sol (Cabo Frio, Armação de Búzios, Arraial do Cabo, São Pedro da Aldeia, Iguaba Grande, Araruama e Casimiro de Abreu); Vale do Café (Vassouras, Valença, Rio das Flores e Barra do Piraí); Agulhas Negras (Itatiaia e Resende) e Serra Verde Imperial (Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo e Cachoeiras de Macacu.

A oficina técnica para validação dos dados da primeira fase de pesquisas do IOT na Região do Vale do Café será realizada nesta segunda-feira, dia 18, às 14h, no Senai, localizado na Rua Nilo Peçanha, número 85 – Centro Vassouras.

Informações: BrasilTuris