Rio se prepara para a Bienal do Livro 2015

editada5

De 3 a 13 de Setembro, o Riocentro recebe a 17ª edição do maior evento literário do país, que todos os anos atrai milhares de apaixonados pelo fabuloso mundo dos livros. A Bienal Internacional do Livro reúne stands, debates, talkshows com escritores nacionais e internacionais, atividades culturais que promovem a leitura, praça de alimentação com 37 opções de restaurantes, área de recreação para crianças e muito mais. Cultural, variada, divertida e dinâmica, a Bienal do Livro Rio é um programa que garante a alegria de toda a família.

foto_bienal

bienal-pc3bablico-paulo-chagas

Em 2015, A Bienal do Livro receberá grandes nomes da literatura e cultura para bate-papos com o público, com temas atuais e de interesse geral. Alguns dos destaques desta edição são:

  • o Prefeito Eduardo Paes, que falará sobre sobre o projeto Olímpico da cidade do Rio de Janeiro;
  • Alberto Mussa, Antonio Edmilson Martins Rodrigues e Nireu Cavalcanti, dois historiadores e um romancista que refletirão sobre as transformações na vida e na cultura cariocas ao longo dos 450 anos da cidade
  • o escritor, colunista e imortal da Academia Brasileira de Letras, Ferreira Gullar;
  • o jornalista, escritor e poeta Pedro Bial, refletindo sobre as interferências shakespearianas no cenário brasileiro atual;
  • os jornalistas Miriam Leitão e Edney Silvestre, com o tema Literatura e Ditadura;
  • a escritora americana Julia Quinn, autora diversos best-sellers, com 8 milhões de exemplares vendidos em 26 idiomas;
  • Mauricio de Sousa, pai da eterna Turma da Mônica, maior quadrinista do Brasil e autor homenageado desta edição da Bienal.

O tema central desta edição será a literatura argentina, representada por escritores como Eduardo Sacheri (autor do livro que inspirou o ganhador do Oscar de Filme Estrangeiro, “O Segredo dos seus Olhos”), Noé Jitrik e Martín Kohan.

A Bienal do Livro é uma realização do Ministério da Cultura através da Lei Federal de Incentivo à Cultura e com o patrocínio da Secretaria de Estado de Cultura, pela Lei estadual de Incentivo à Cultura.

bienal

História

Há 30 anos, teve início a história de sucesso da Bienal do Livro Rio: uma celebração à leitura, à cultura e à diversão, reunindo milhares de pessoas, tendo o livro como astro principal. Dos salões do Hotel Copacabana Palace, em 1983  aos atuais 55 mil metros quadrados do Riocentro, a Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro se transformou não só no mais importante acontecimento editorial do Brasil, como também em um evento literário que mobiliza o país. A cada edição, o evento cultural e empresarial supera expectativas de público, vendas e mídia.

Estande da Bienal do Livro, ainda nos tempos em que o evento era realizado no Hotel Copacabana Palace (à esquerda); À direita, Ziraldo recebe a visita do então Governador de São Paulo, Franco Montoro.
A Bienal do Livro, nos tempos em que ainda era realizada no Hotel Copacabana Palace: à esquerda, estande da editora SNEL, em 1983 (Primeira Bienal); à direita, Ziraldo recebe a visita do então Governador de São Paulo, Franco Montoro.

O Riocentro

Sede dos principais eventos nacionais e internacionais do Brasil, o Riocentro possui estacionamento com 7 mil vagas e está localizado em uma área amplamente atendida pelas opções de transporte público. Com estações muito próximas, o BRT TransCarioca liga o terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, ao Aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador, e é uma das principais obras viárias da cidade.

bienal-2

2015_01_08_Banner_Anote_na_Agenda_PT_17131Informações

Bienal do Livro 2015 – De 3 a 13 de Setembro

Horários: 3 de setembro – 13h às 22h // 7 de setembro (feriado) –  10h às 22h // Durante a semana: 9h às 22h  // Fins de semana: 10h às 22h

Local: Riocentro (Av. Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ

Como chegar: Para checar as linhas de ônibus que levam ao evento e rotas para carro e táxi, clique aqui.

Para conferir a lista completa dos expositores da Bienal do Livro 2015, clique aqui.