De olho no céu – Observatório do Valongo aberto a visitação

As portas do Observatório do Valongo, no Morro da Conceição, estão abertas aos interessados em praticar o milenar hábito de observar o céu. De segunda a sexta-feira, das 11h às 16h, visitantes aprendem astronomia com o auxílio de três telescópios, um deles o mais antigo do Brasil, de 1876. O espaço tem museu com peças históricas e biblioteca e um astrônomo à disposição para tirar dúvidas e tornar o passeio mais informativo. Todas as primeiras e terceiras quartas-feiras do mês, além da programação regular, haverá visitação noturna para observação do céu. O programa começa assim que escurecer e termina às 21h30.

Quem chega à instituição no topo do Morro da Conceição, fundada em 1881 e campus do curso de Astronomia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), tem a chance de contemplar a vista do Centro e Região Portuária em mirante no jardim que cerca o prédio principal do Observatório.

Hélio Rocha-Pinto, ex-aluno e hoje diretor do observatório, conta como a instituição decidiu abrir as portas à visitação, por demanda da própria população. “As pessoas batiam aqui e pediam para conhecer o espaço, mas não tínhamos estrutura para recebê-las. Agora temos. Além disso, com o Porto Maravilha, a área se torna mais atrativa”, comemora.

Professor Hélio Rocha-Pinto mostra o telescópio do Observatório, da década de 1960

Segundo Hélio, equipamentos dos séculos XIX e XX que hoje fazem parte da coleção em exposição foram recebidos pelo Governo Federal de países do Leste Europeu em troca de café. É o caso do telescópio da foto acima, da década de 1960. O diretor informa que o observatório passa por expansão para construção de novas salas de aula e melhorias no jardim, mas as obras, com término previsto em 2016, não vão afetar o programa de visitação.

Serviço
Graduação e Pós-graduação em Astronomia – Observatório do Valongo – UFRJ
Ladeira Pedro Antônio, 43 | Centro – Rio de Janeiro/RJ – Brasil – CEP 20080-090
Telefone: +55 21 2263-0685
Fax: +55 21 2203-1076
E-mail: ov@astro.ufrj.br

Créditos: Porto Maravilha

Map of observatório do valongo