Rio em verso e prosa: Garoto Zona Sul

(Composição: Anderson Leonardo/Pedrinho da Flor)

Mulheres, cheguei
Pode gritar, uh
Pode gritar, uh

Pode me chamar de lindo
Pode me chamar de lindo
Porque realmente eu sou

No calçadão sempre faço a moçada parar
Pois todo mundo quer
Me ver passar

De macacão de lycra e a minha prancha
Eu atravesso o sinal bem devagar
Na direção do alto mar

Na academia me chamam de marombeiro
O dia inteiro passo o tempo a malhar
E de noite vou pro samba cervejar

Eu tiro onda
Eu corto onda
Só eu, o mar e o céu azul
Sou garoto Zona Sul (lá de Bangu/Nova Iguaçu/Turiaçu/do Cabuçu)